• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Villanueva, onde a energia do Sol encontra o mundo digital

5 min.

Villanueva, onde a energia do Sol encontra o mundo digital

Quanto mais difíceis os desafios à nossa frente, mais importante é a combinação de inovação e digitalização. É o que a Enel Green Power demonstra no México, onde está sendo construída a maior usina solar das Américas.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Condições extremas exigem soluções modernas e inovadoras para que possam ser afrontadas da melhor maneira. Prova disso é o nosso campo fotovoltaico em Villanueva, no México.

Situado em uma zona do México de clima tórrido e semidesértico, o campo de Villanueva possui mais de 2,5 milhões de painéis fotovoltaicos distribuídos em uma superfície de 2750 hectares: uma combinação de fatores climáticos, números e dimensões que tornaram a sua construção um desafio organizacional e logístico sem precedentes. 

 

“Com uma capacidade instalada de 828 MW totais, o parque solar de Villanueva é o maior das Américas e o maior projeto solar da Enel no mundo.”
  

A usina dos recordes

A construção de Villanueva, que será concluída até o final do ano, permitiu que a EGP desenvolvesse soluções pioneiras e capazes de garantir tanto a rapidez de instalação dos painéis – mais de 18 mil por dia –, quanto padrões de segurança no canteiro de obras elevados, sem qualquer acidente em mais de 5 milhões de horas de trabalho. 

 

“Quando estiver em pleno regime, Villanueva produzirá 1.850 GWh por ano, energia renovável capaz de atender à demanda de mais de 1,4 milhão de famílias mexicanas.”


Combinando uma série de inovações, como as soluções tecnológicas utilizadas, Villanueva é uma usina de vanguarda e capaz de maximizar a força do Sol. 

 

“Foram instalados na usina mais de 380 mil seguidores solares, mecanismos automatizados que fazem os painéis girar para acompanhar o percurso do Sol e melhorar sua eficiência.”
 

Uma construção digital

Durante a construção desta obra de grande porte, um dos principais desafios foi poder resolver rapidamente as inúmeras exigências práticas que podiam surgir a cada dia. 

 

“Nas fases de trabalho mais intensas, chegavam em Villanueva até 60 contêineres de materiais por dia, numa média de 4 a cada 30 minutos.”
  

Num canteiro de obras tão vasto e articulado, formado por mais de 20 milhões de componentes e em condições climáticas muitas vezes proibitivas, a inovação digital nos permitiu criar aplicativos capazes de monitorar cada detalhe da construção, da gestão da cadeia de suprimentos à posição exata de cada painel.

 

“Devido ao tamanho do projeto, era necessário dispor de softwares capazes de garantir informações confiáveis sobre a cadeia de suprimentos em tempo real, para reduzir a margem de erro e otimizar o tempo que nossos colegas passam em temperaturas elevadas.”
Silvia Rangel, responsável de logística da EGP para o México e a América Central.

 

Inovação em equipe

Para vencer este desafio, as equipes que se ocupam de ICT, de Engenharia e Construção e de Logística trabalharam em sinergia para desenvolver quatro soluções digitais tecnológicas específicas.

Os Apps, que podem ser usados com qualquer smartphone ou tablet, contribuíram de forma decisiva para o sucesso do trabalho.  

 

“Trabalhando juntos, chegamos à conclusão de que era necessário desenvolver uma série de aplicativos para cada grupo de trabalho, interno ou externo, para economizar tempo, agilizar o processo de monitoramento e melhorar o controle logístico.”
Emo Frosali, Construction manager da EGP para o México e a América Central.

 

Em particular, os 4 aplicativos permitem:

  • Monitorar as não conformidades em matéria de segurança e comunicá-las diretamente ao empreiteiro.
  • Supervisionar a montagem mecânica do seguidor durante a fase de posicionamento dos painéis solares.
  • Rastrear e verificar a chegada dos componentes até a sua instalação.
  • Definir detalhadamente as operações que são transmitidas às equipes de manutenção
 
“Para nós, é gratificante oferecer um produto de qualidade e ao mesmo tempo fundamental para a execução do projeto.””
Noemi Diaz, IT Business Partner

 

O que foi feito em Villenueva é uma das peças da E&C (R)evolution, o nosso projeto para revolucionar as construções através do uso de todas as últimas invenções da indústria 4.0.

No México demos o primeiro passo, e agora o objetivo é transformar e digitalizar todos os nossos canteiros de obras espalhados pelo mundo.

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche