• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
6 min.

O papel das energias renováveis na eletrificação da África: RES4Africa e #EnelFocusOn em Adis Abeba

Dois eventos em uma semana focada no tema da eletrificação da África através do desenvolvimento das energias renováveis. Addis Abeba sediou, pela primeira vez, a sétima Conferência Anual da RES4Africa e o décimo sexto fórum da #EnelFocusOn.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Uma mistura de cores, tradições, diversidade e ecossistemas. A África é a Terra da Energia do Terceiro Milênio devido às suas condições climáticas e hidrogeológicas favoráveis: sol, vento, grandes rios e vulcões.

Contudo, segundo dados da Agência Internacional de Energia (AIE), ainda há mais de 600 milhões de pessoas sem acesso à energia elétrica no continente.

A eletrificação da África é a chave para impulsionar o processo de crescimento. O acesso à energia elétrica para todos garantiria segurança alimentar, geração de empregos, desenvolvimento empresarial e do progresso econômico e social.

 

Realizada em Adis Abeba a Sétima Conferência Anual da RES4Africa

Em 2019, a Fundação RES4Africa celebrou sua sétima Conferência Anual, a primeira sediada em uma cidade do continente africano: a capital etíope Adis Abeba. O evento, patrocinado pela Enel Green Power, BonelliErede e Terna, foi realizado na quarta-feira, 19 de junho, e contou com a presença de representantes do governo da Etiópia, da Agência Internacional para as Energias Renováveis (IRENA) e da Comissão Econômica para a África (UNECA).

A Conferência Anual foi uma oportunidade de debater os desafios que a África enfrentará nos próximos anos, bem como as perspectivas que podem se abrir graças ao já consolidado diálogo da RES4Africa com os principais atores públicos e privados do setor de energia verde

 

"A realização da Conferência Anual na África é uma oportunidade única de expandir o diálogo tanto com stakeholders públicos e privados quanto com instituições multilaterais e organizações da sociedade civil. A fundação RES4Africa está trabalhando para acelerar o acesso à energia limpa e fomentar um desenvolvimento inclusivo e sustentável."

– Antonio Cammisecra, Presidente da Fundação RES4Africa, CEO da Enel Green Power

 

O crescimento demográfico e, consequentemente, a rápida urbanização, serão a tônica do contexto africano daqui aos próximos 30 anos (mais de 60% da população passará a viver nas cidades), elevando a necessidade de um processo de crescimento sustentável que pode ser contemplado pelo recurso das energias renováveis.

 

"Trabalhamos dia e noite com nossos parceiros etíopes e estamos muito orgulhosos: realizamos nosso programa de lançamento aqui há 2 anos, voltamos em março para um workshop B2G que contou com a participação de mais de 100 pessoas, realizamos seminários executivos e apresentamos estudos para apoiar o governo etíope na transição para as energias renováveis. Além disso, nossa Micro-Grid Academy, geralmente realizada em Nairóbi, organizou uma sessão On-Tour em Adis Abeba esta semana."

– Roberto Vigotti, Secretary General da RES4Africa Foundation

 

Um amplo espaço foi dedicado à apresentação da renewAfrica, iniciativa criada para acelerar a transição às energias sustentáveis na África e aumentar o investimento privado europeu no continente ao sul do Mediterrâneo.

 

"A energia renovável é a chave para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e combater as mudanças climáticas. Atualmente, as energias renováveis são a fonte mais barata da nova geração energética em muitos países e representam a forma mais eficaz de expandir o acesso à energia. Além disso, a energia renovável é a principal facilitadora do bem-estar humano, do meio ambiente e da prosperidade global. Líderes do mundo todo devem se unir para acelerar a transição energética."

– Francesco La Camera, Director-General da IRENA

 

{{ item.title }}
{{ item.content }}

O lançamento oficial da renewAfrica foi realizado no dia 4 de junho de 2019 em Roma, e resultou numa carta de intenções assinada por mais de 20 organizações que trabalham em várias frentes do setor de energia renovável.

 

#EnelFocusOn: as Energias Renováveis para um futuro sustentável no continente africano

Adis Abeba também foi a primeira cidade africana a sediar, no dia 18 de junho, , o  #EnelFocusOn, fórum itinerante que chegou à sua décima sexta edição. Isabella Panizza (Head of Global Communications Digital Hub Enel), David Pilling (Editor do Financial Times Africa), Antonio Cammisecra (CEO da Enel Green Power), Vera Songwe (Secretária Executiva da Comissão das Nações Unidas para a África) e Michele Bologna (Head of Communications da EGP) discutiram com um grupo de influenciadores e especialistas internacionais sobre as possibilidades de acelerar o processo de eletrificação em território africano.

 

"A urbanização da África será baseada em cidades com elevada densidade demográfica e excelência nos transportes públicos. Ao fim deste processo, o maior desafio consistirá na criação de cidades inteligentes."

– David Pilling, Editor do Financial Times Africa

 

O acesso à energia elétrica na África precisa de uma mudança drástica em seu ritmo. 57% dos habitantes da África Subsaariana não têm acesso à rede de energia, índice que chega a 72% nas áreas rurais.

A tendência demográfica aponta para um aumento constante: em 2050, a população africana será de aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas, contra os atuais 1,3 bilhões. Um número que no final do século poderia superar a ordem de 4 bilhões, segundo estimativas da ONU.  

 

"Seguindo o modelo do valor compartilhado nas áreas rurais, o pequeno produtor já o adotou, assim como a comunidade onde ele vive. É isso que queremos ver com mais frequência."

– Karen Basiye, Sustainability and Shared Value Specialist do Safaricom

 

As vias para a eletrificação da África estão sendo traçadas. Chegou a hora de investir em abordagens inovadoras (como o "Nexus" Água-Energia-Comida) e atrair novos parceiros. Agora é necessário identificar e superar as barreiras que influenciam o crescimento do mercado renovável africano, compartilhar as melhores práticas internacionais e promover novas ferramentas para preencher as lacunas do mercado e atrair novos investimentos.

A única certeza é que as energias renováveis serão o motor limpo que impulsionará o processo de eletrificação mais massivo e importante de nossa época. 

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche