• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
3 min.

EDPR, Vestas e Nordex são novos membros da RES4Africa

Depois de já aderir à iniciativa renewAfrica, a EDP espanhola Renováveis, a Vestas dinamarquesa e a Nordex alemã também decidiram participar da RES4Africa, a fundação da qual a Enel Green Power é membro fundador, criada para promover as energias renováveis no continente africano.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

RES4Africa, a fundação que promove o desenvolvimento de energias renováveis nos países africanos é fortalecida com a chegada de três novos membros:  a empresa espanhola,EDP Renováveis; a alemã, Nordex Group, que lida com tecnologias de energia eólica; e a dinamarquesa, Vestas, que também atua no setor de turbinas eólicas.

A EDPR, a Nordex e a Vestas optaram por aderir à RES4Africa, em função do caminho escolhido pela Iniciativa renewAfrica, destinada a criar um instrumento europeu capaz de fortalecer a best practice existente para incentivar o desenvolvimento de energias renováveis na África.

 

"Graças à chegada da EDPR, Nordex e Vestas, a iniciativa renewAfrica está ainda melhor posicionada para criarmos um programa de apoio mais forte e completo e, finalmente, iniciarmos o investimento em energias renováveis na África. Desejo as boas-vindas aos nossos novos parceiros, vamos trabalhar juntos para transformar a renovação da África em realidade."

- Antonio Cammisecra, presidente da iniciativa renewAfrica e CEO da Enel Green Power

 

Criada em Roma, em junho de 2019, a iniciativa renewAfrica tem a Enel Green Power e a Fundação RES4Africa entre os membros promotores. Em apenas oito meses, a iniciativa ganhou cada vez mais força e, agora, conta com o apoio de 25 parceiros, provenientes do setor de energia, mas também do setor das finanças, pesquisa, universidade e consultoria.

A maioria dos parceiros da iniciativa renewAfrica não fazia parte da rede RES4Africa; a escolha da EDPR, Nordex e Vestas para participar do projeto confirma a bondade da iniciativa e o ambiente de colaboração positiva estabelecida entre os participantes.

Em um continente como a África, onde ainda hoje 600 milhões de pessoas não têm acesso à energia, as fontes de energias renováveis são a solução mais eficaz para favorecer a transição energética e acelerar os processos de eletrificação já em andamento.

Graças a iniciativas como a RES4Africa e a renewAfrica, é possível envolver toda a cadeia de valor de energias renováveis e criar um mercado lucrativo com a abordagem multistakeholder, com o objetivo comum de criar um mercado único capaz de melhorar os investimentos europeus no campo do desenvolvimento de energias renováveis na África. 

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar