• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
{{navigationCta.name}}

Cada vez mais empresas estão optando pelos PPAs a fim de atingir suas metas de sustentabilidade

5 min.

Cada vez mais empresas estão optando pelos PPAs a fim de atingir suas metas de sustentabilidade

As empresas têm trabalhado para garantir um futuro sustentável e, nesse contexto, a Enel Green Power contribui de maneira significativa através de seus Contratos de Aquisição Energética (PPA).

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Hoje já soa como uma vaga lembrança aqueles dias em que Madonna – quem se autodefinia uma Material Girl –, com sua voz suave, tecia elogios ao materialismo e à sociedade consumista. Tempos em que o verde era apenas uma cor, e as escolhas do consumidor eram baseadas quase que exclusivamente no produto que mais chamasse a sua atenção. Mas como Bob Dylan magistralmente registrou em letra e música, the times they are a changin’ e, para demostrar que hoje os tempos realmente mudaram, convocamos os especialistas da Deloitte.

Em um relatório publicado em maio de 2018, a empresa de consultoria apontou que 48% das empresas estão prontas para investir em energias renováveis, índice que sobe para impressionantes 70% se considerarmos quantas delas sabem que os consumidores estão reivindicando uma maior atenção à questão da sustentabilidade por parte das empresas.

Essa mudança cultural foi determinante para a ascensão de uma associação importante como a RE100, que reúne mais de 160 empresas e grandes multinacionais movidas pelo desejo de alimentar 100% de suas atividades a partir de energias renováveis, além de trabalhar para favorecer substancialmente a demanda – e a oferta – de energia limpa. Entre as empresas que fazem parte dessa associação, algumas já são "parceiras" da Enel Green Power: Anheuser-Busch, Bloomberg, Facebook e General Motors.

Em novembro passado, durante a apresentação da última edição do relatório "RE100 Progress and Insights Annual Report", focado na avaliação do estado da arte no processo de descarbonização realizado pelos membros da associação, Sam Kimmins, representante do RE100 na organização sem fins lucrativos The Climate Group, declarou: "No ano passado, tivemos uma grande adesão de empresas do mundo todo, transformando a RE100 em uma iniciativa verdadeiramente global. Estamos orgulhosos por esta evolução, uma vez que ela nos permite desenvolver uma massa crítica capaz influenciar positivamente mercados como o Japão, onde as autoridades estão começando a adotar as ações reivindicadas por nossos membros. Portanto, 2019 será o ano ideal em que iremos trabalhar para estimular a demanda de energia renovável de setores e áreas geográficas mais influentes, de modo a desencadear uma transição mais rápida em direção à adoção de sistemas de energia de impacto zero."

Este exemplo de colaboração é a prova mais clara de como as empresas estão comprometidas com a proteção do meio ambiente, não apenas motivadas por uma simples mania "verde", mas também pelas "verdinhas", visto que a proteção ambiental também abre muitas oportunidades de negócio.

 Se considerarmos somente o ano de 2016, 190 empresas que fazem parte da lista "Fortune 500" pouparam cerca de 3,7 bilhões de dólares através de iniciativas de economia energética e de fornecimento renovável, número que poderá crescer exponencialmente para 12 trilhões de dólares até 2030, graças à implementação de modelos de negócios focados na sustentabilidade e na redução das emissões.

Devido à grande variedade de plantas renováveis, a um modelo de negócios que tem a sustentabilidade em seu DNA e à uma gama de PPAs que lançam as bases para acordos comerciais de longo prazo altamente rentáveis, a Enel Green Power tem se convertido numa grande parceira na jornada rumo à transição energética.

Conteúdo relacionado

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar