• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Sustentabilidade: uma palavra comum, mas o que isso significa?

5 min.

Sustentabilidade: uma palavra comum, mas o que isso significa?

Os consumidores italianos estão cada vez mais conscientes do meio ambiente, mas ainda há muitos deles que ignoram a relação entre energias renováveis e sustentabilidade. Quem revela isso é a pesquisa encomendada pela Enel Green Power ao instituto Piepoli. Vamos descobrir os resultados juntos!

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Energias renováveis, mobilidade elétrica e sustentável, coleta seletiva e economia de energia: o interesse dos italianos em sustentabilidade é cada vez maior, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para alcançar os níveis de conscientização dos cidadãos além do mar.

Este dado foi revelado pela pesquisa encomendada pela Enel Green Power ao Instituto Piepoli que, graças à realização de 1210 entrevistas, teve como foco os hábitos de consumo dos cidadãos italianos, sua concepção de sustentabilidade e a relação desta com as energias renováveis
 

O que significa sustentabilidade

A pesquisa do Instituto Piepoli permitiu à Enel Green Power investigar detalhadamente o nível de conhecimento e sensibilidade do consumidor italiano em relação ao uso de energia verde e se (e como) a sustentabilidade influencia seu estilo de vida e suas escolhas de compra.

Com base nos dados emergentes da pesquisa, verificou-se que a sustentabilidade não é mais um tema de nicho, assumindo uma importância cada vez maior para os consumidores. 

Contudo, apesar do crescente interesse pela sustentabilidade, apenas 41% dos entrevistados afirmam estar bem informados sobre o tema das energias renováveis e apenas 47% dizem querer um carro ecológico (Elétrico, Híbrido, GLP ou Bicombustível).

Se por um lado, 53% da amostra afirma seguir um estilo de vida sustentável, associando-o acima de tudo à reciclagem e à redução de resíduos, por outro, apenas 10% dos entrevistados usam energia renovável adotando a instalação de painéis fotovoltaicos em suas casas.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Os números de sustentabilidade 

Para a maioria dos entrevistados, ser um "consumidor sustentável" significa comprar produtos orgânicos (39%), reutilizar os recipientes em vez de descartá-los (37%), reduzir suas necessidades de consumo (36%) e não comprar produtos descartáveis (30%).

Além disso, para 49% dos entrevistados "um produto é sustentável" quando não prejudica o meio ambiente.

Em essência, para os consumidores italianos, sustentabilidade significa em primeiro lugar reciclagem, redução do consumo e desperdício e, via de regra, um destino eficiente para os resíduos.

Trata-se de uma diferença profunda em relação aos Estados Unidos, onde os consumidores estão mais conscientes da estreita ligação entre a sustentabilidade e energia renovável e que, por esse motivo, estão direcionando suas escolhas cada vez mais para empresas que decidem utilizar energia "verde" em sua produção. 

{{ item.title }}
{{ item.content }}

O papel da sustentabilidade

Os consumidores italianos estão dando cada vez mais importância à proteção ambiental e optam por comprar das empresas que integram a sustentabilidade ambiental e social em seu modelo de negócios.

63% e 64% dos sujeitos entrevistados consideram importante que as empresas se preocupem, respectivamente, com a redução de emissões poluentes e dos gases de efeito estufa, e 62% deles avaliam positivamente a gestão responsável de resíduos por meio da reutilização ou descarte adequado.

Pouco mais da metade dos entrevistados preza pelo consumo consciente e responsável da energia, dos recursos naturais e da água, bem como pela proteção da biodiversidade, dos organismos animais e vegetais e dos ecossistemas em que vivem. Mas há uma parcela igualmente importante de pessoas que não estão suficientemente informadas sobre a importância das energias renováveis em prol da transição e da descarbonização energética.

Por meio de uma pesquisa, verificou-se que, para menos da metade dos entrevistados, é importante que as empresas estejam atentas às necessidades e expectativas dos clientes, que dialoguem e compartilhem objetivos de sustentabilidade com a comunidade local, que promovam o desenvolvimento cultural do território e a criação de Smart Cities, um modelo urbano em escala humana, por meio do desenvolvimento de infraestruturas, serviços e tecnologias de ponta.

Muitas empresas já incorporaram a energia renovável em seus negócios e processos produtivos, e algumas delas elevaram seu compromisso sustentável a um nível mais alto ao inserir em alguns produtos (por exemplo, biscoitos) um selo indicando que aquele produto é verde, ou seja, produzido 100% com o uso das energias renováveis.

Uma segunda pesquisa – realizada entre 20 de maio e 4 de junho pelo Instituto Piepoli com uma amostragem de 1.010 indivíduos – revelou que 4 em cada 10 italianos notaram o "selo" relativo ao consumo energético em embalagens de alimentos e que 8 em cada 10 gostariam que ele estivesse presente em todos os produtos.

A maioria dos entrevistados também manifestou o desejo de encontrá-lo exposto não apenas nos alimentos, mas também em roupas, calçados e alta tecnologia. 

{{ item.title }}
{{ item.content }}

É hora de agir!

Os dados que vieram à tona com a pesquisa realizada na Itália lançaram uma nova luz sobre os resultados de uma pesquisa semelhante encomendada nos Estados Unidos pela Enel Green Power.

Os consumidores americanos, segundo a pesquisa realizada pelo instituto KRC Research em março do ano passado, estão cada vez mais atentos ao meio ambiente e, por esse motivo, direcionam suas escolhas de compra a empresas sustentáveis e verdes.  De fato, a maioria dos cidadãos americanos está interessada na questão ambiental, e cerca da metade da população está disposta a pagar um preço mais alto (3% a 5% a mais) num produto sustentável.

A pesquisa também revelou que dois em cada três americanos estariam dispostos a assumir um estilo de vida baseado na sustentabilidade, priorizando produtos e serviços oferecidos por empresas sustentáveis que apoiam ativamente as causas ambientais.

Por fim, os resultados da pesquisa do Instituto Piepoli mostraram que, em média, o consumidor italiano está informado sobre a sustentabilidade, associada sobretudo à coleta seletiva e à redução de resíduos, mas ainda distante da energia renovável.

Na América, todavia, o foco na sustentabilidade e na conscientização do vínculo entre elas e as fontes "verdes"permitiu a ativação de um círculo virtuoso de sustentabilidade em que consumidores e empresas se influenciam reciprocamente para construir um mundo mais consciente e sustentável, onde as energias renováveis são cada vez mais difundidas.

A Enel Green Power fez da sustentabilidade sua missão e, graças aos contratos de Power Purchase Agreement (PPA), oferece às grandes empresas acordos de fornecimento de energia renovável para ajudá-las a alcançar seus objetivos de sustentabilidade.

Os PPAs (Contratos de Compra de Energia) são contratos de longo prazo que criam parcerias reais em prol da sustentabilidade: pois somente por meio de uma ação conjunta será possível criar um mundo mais verde

Conteúdo relacionado

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche