• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
{{navigationCta.name}}

Rumo a 2030: o caminho para um futuro totalmente sustentável passa pela e Espanha e Itália

4 min.

Rumo a 2030: o caminho para um futuro totalmente sustentável passa pela e Espanha e Itália

Para a Europa, 2020 é o ano da reviravolta: quais são os objetivos para um Desenvolvimento Sustentável e o que ainda falta para alcançarmos a revolução energética. Em 2019 batemos um recorde, mas o jogo decisivo de 2030 da EGP será disputado na Itália e na Espanha.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Cada meta superada é o começo de um novo desafio. Este é o espírito com o qual retomamos o nosso compromisso – em vista dos objetivos da Agenda de Desenvolvimento Sustentável de 2030 – de promover a revolução energética que, por sua vez, levará à construção de um futuro em pleno equilíbrio com a inovação tecnológica, eficiência energética e sustentabilidade ambiental.

Estados Unidos, Espanha, Itália, Brasil, Chile e África do Sul são os países que no ano passado mais contribuíram para dar um passo concreto em direção à descarbonização total, batendo um novo recorde no crescimento da capacidade renovável da EGP. O objetivo comum é acelerar a transição energética e apoiar as metas de desenvolvimento sustentável estabelecidas pela Agenda de 2030.

 

Os ambiciosos objetivos do European Green Deal (Acordo Climático Europeu)

O acordo climático europeu – o European Green Deal – prevê uma redução no consumo de energia de 32,5% até 2030, graças ao aumento da eficiência e ao incremento de 32% da quota de energia produzida a partir de fontes renováveis. O objetivo é cortar drasticamente as emissões de gases do efeito estufa, de 40% (previsto pelo Pacote atual de "Energia limpa para todos os europeus") a 50-55%.

O ambicioso objetivo da Comissão Europeia é transformar a Europa no primeiro continente neutro  do ponto de vista climático até 2050, acelerando o processo de descarbonização e desenvolvendo o potencial das energias renováveis.

Para que o sonho de umaEuropa carbon-free se torne realidade, é necessário uma contribuição ativa de todos os países membros perante os objetivos da eficiência e da segurança energética. Para que isso aconteça, a Europa está pronta para garantir a melhor interligação das redes nacionais (a meta para 2030 é de 15% da capacidade instalada total) e impulsionar o desenvolvimento de um mercado interno de energia, de pesquisa, deinovação e competividade.

 

Itália e Espanha: o futuro está em suas mãos

Itália e Espanha são os países onde a batalha em prol das energias renováveis será travada a fim de alcançar o objetivo de 2030. No ano passado, os dois países conseguiram produzir cerca de 35% de eletricidade a partir de fontes renováveis. Até 2030, eles estabeleceram a meta de reduzir o consumo energético final (-104 Mtep Itália, -71 Mtep Espanha) e de promover a eletrificação (+25% na Itália, +29% na Espanha), sobretudo no setor residencial, de serviços (+33% previstos na Itália, +54% na Espanha) e transportes (6%).

 

Rumo a 2030: um roteiro sólido para a Itália

Embora tenha ocorrido uma desaceleração notável no desenvolvimento de energias renováveis nos últimos anos, aItália desempenhará um papel importante para o futuro crescimento deste setor. O plano de ação visa aumentar para 55% a quota de energia limpa até 2030, com um incremento na produção de cerca de 40 GW, 31 GW deles em energia solar e 8 GW em energia eólica, adicionando 2.500 MW à pipeline. O mix energético previsto no plano nacional permitirá que as energias renováveis cubram 65% da demanda italiana (93 GW esperado), ao passo que a contribuição da energia térmica cairá para 35% da capacidade instalada (51 GW). Além disso, os objetivos da Estratégia Nacional de Energia preveem o fechamento das usinas de carvão (8 GW de capacidade instalada) até 2025.

Para alcançar estes objetivos, o edital  para a concessão de novos incentivos administrados pelo GSEGestor de Serviços Energéticos – já foi publicado, visando a produção de eletricidade a partir de fontes renováveis. No primeiro leilão de 500 MW, iniciado em outubro passado e concluído no final de janeiro, a EGP conquistou 60 MW de nova capacidade renovável para 3 projetos eólicos (que serão lançados em Molise, Campânia e Sicília) e outros 20 MW para a reforma e modernização das usinas eólicas e hidrelétricas já em serviço. O ciclo de concursos continuará em ritmo acelerado até o final de 2021 – outros 6 estão sendo elaborados, um a cada 3 meses – para um total de 8 mil MW. A partir daqui se inicia uma corrida contra o tempo para alcançar os objetivos do Plano Nacional (PNIEC), que preveem o desenvolvimento da nova potência de energias renováveis em cerca de 40 mil MW (30 mil deles em energia solar e 10 mil em eólica) nos próximos 10 anos.

 

Rumo a 2030: a Espanha aposta alto

A Espanha contribuiu significativamente para a produção dos 3 GW de capacidade renovável instalada pela Enel Green Power e, para o próximo marco fixado em 2030, elaborou um plano ainda mais ambicioso: cobrir  74% da demanda nacional com fontes renováveis, produzir cerca de 65 GW a mais (37 de solar e 27 de eólica) e ao mesmo tempo reduzir pela metade a produção de fontes de energias fósseis. O plano nacional prevê um mix energético no qual as energias renováveis fornecerão 72% (113 GW) da demanda, reduzindo a contribuição das usinas termelétricas para 28% (44 GW).

 

A contribuição das nossas instalações para um futuro renovável

Os excelentes resultados alcançados em 2019 apenas reiteram nosso compromisso em acelerar a transição para as energias renováveis. Mais uma vez, podemos nos orgulhar de uma liderança global, conquistada graças a um trabalho sério de renovação e modernização das unidades atuais (repowering) e desenvolvimento de um importante pipeline de projetos solares, eólicos, geotérmicos e hidrelétricos.

Joias da inovação, tais como o parque solar de Totana e o eólico de Sierra Costera, facilitam a transição rumo às fontes de energias renováveis e reduzem o desperdício. Trata-se sobretudo de projetos significativos que apontam para o caminho de um futuro totalmente sustentável.

Conteúdo relacionado

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar