• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
5 min.

A história do mundo escrita no gelo

"Nos Caminhos das Geleiras", uma expedição fotográfico-científica à Terra do Fogo para estudar os efeitos das mudanças climáticas. A Enel Green Power viaja aos confins do mundo com a Associação Macromicro em uma expedição liderada por Fabiano Ventura

{{ item.title }}
{{ item.content }}

A história do mundo está preservada no gelo. No Alasca, no Cáucaso, nas regiões desabitadas da fronteira entre a Caxemira e a China, ou ainda na Terra do Fogo da América Latina, imensas geleiras preservam o nosso futuro por suas grandes reservas de água do planeta, mas também nos informam sobre o passado e os efeitos das mudanças climáticas na história da Terra.

 

"Há sete anos, a Enel Green Power participa da expedição "Nos Caminhos das Geleiras", promovida em parceria com a Macromicro e liderada pelo fotógrafo Fabiano Ventura."
 

Uma viagem ao redor do planeta com uma equipe de fotógrafos e cientistas que exploram as maiores áreas congeladas da Terra para avaliar suas condições e documentar os efeitos do aquecimento global.

 

Na Terra do Fogo

Em 2016, a Enel Green Power apoiou a expedição "Nos Caminhos das Geleiras" que explorou as regiões mais meridionais e remotas da América Latina. 

"Entre fevereiro e março, a equipe de cientistas e fotógrafos viajou mais de mil quilômetros entre o Chile e a Argentina."

 “Andes 2016” é o documentário dos últimos sessenta anos de história de territórios não modificados pelo homem na Terra do Fogo e nas reservas naturais da Patagônia, desde o Parque Nacional Torres del Paine, no Chile, até o Parque Nacional Los Glaciares, na Argentina.

A equipe da expedição se deslocou a pé ou a cavalo, com canoas e mountain bikes para alcançar lugares remotos, imortalizados na primeira metade do século XX pela histórica missão exploratória de Alberto Maria De Agostini, padre salesiano, fotógrafo e cineasta.

 

Fotografando as mudanças climáticas

Seguindo os passos de De Agostini, a equipe de fotógrafos e cientistas visitou as posições geográficas exatas descobertas pelo grupo de exploradores entre 1910 e meados da década de 1950, de modo a tirar novas fotografias e compará-las às imagens tiradas sessenta anos atrás.

repeat photography permite comparar imagens históricas e contemporâneas tiradas sob o mesmo ponto de vista: o resultado é uma sobreposição perfeita com um incrível poder de comunicação.

 

"As fotografias das geleiras tiradas hoje, comparadas às fotos da década de 1950, nos fazem imediatamente refletir sobre os efeitos das mudanças climáticas em andamento."
 

Sete anos "Nos Caminhos das Geleiras"

A viagem à Terra do Fogo representou o quarto episódio da expedição "Nos Caminhos das Geleiras".

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Desde a primeira missão, participamos do trabalho de Fabiano Ventura e das equipes que se juntaram a ele para explorar e contar a história do  Caracórum, na fronteira entre Caxemira e a China (2009), do Cáucaso georgiano (2011) e do Alasca (2013).

 

"Cada missão enriquece o precioso arquivo de memórias que ajuda a estudar geleiras e os efeitos das mudanças climáticas nas grandes reservatórios de água do mundo."
 

Ao longo dos anos, pesquisadores, engenheiros e geólogos coletaram dados em campo, imagens de satélite e filmagens com drones que possibilitaram estudos e pesquisas aprofundadas sobre a evolução das mudanças climáticas.

O arquivo criado a partir das três expedições anteriores, e enriquecido pelas imagens da missão de 2016, é um candidato à documentação mais importante dedicada às geleiras da Terra, por meio da técnica de comparação fotográfica.

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche