• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
4 min.

Já está em andamento a construção das duas novas plantas sustentáveis na Espanha

Na Espanha, a Enel Green Power iniciou a construção de duas novas plantas: a usina fotovoltaica de Los Naranjos, na comunidade da Andaluzia, e o parque eólico de Los Gigantes, na comunidade de Aragão.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Na Espanha, A Enel Green Power adiciona duas novas plantas em seu portfólio com o objetivo de apoiar o país na concretização de seus ambiciosos objetivos de sustentabilidade: produzir 74% de energia elétrica a partir de fontes renováveis até 2030.

 

A corrida verde da Andaluzia

Na comunidade autônoma deAndaluzia, iniciamos a construção do nosso segundo parque fotovoltaico de 50 MW no município de Carmona, província de Sevilha. A construção de Los Naranjos, que entrará em operação no final de 2020, exigirá investimentos na ordem de 28,2 milhões de euros.

Para gerenciar a planta, composta por 128.520 painéis fotovoltaicos de 340 Wp (Watt peak) cada, construiremos 9 estações de comutação, uma subestação elétrica e uma rede de cabos subterrâneos cobrindo uma área de 4,5 quilômetros.

Uma vez operacional, Los Naranjos produzirá cerca de 100 GWh por ano, evitando assim a emissão anual de aproximadamente 67 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

Ainda no município de Carmona, no final de 2019 iniciamos a construção dos 50 MW da planta fotovoltaica de "Las Corchas", que exigirá um investimento de 30 milhões de euros. Essas duas usinas de energia solar, com capacidade total em torno de 100 MW, representam nosso maior sistema fotovoltaico já desenvolvido na Andaluzia até o momento.

As novas instalações serão construídas com base no modelo "Canteiros de Obras Sustentável", concebido pela Enel Green Power, e prevê a instalação de painéis solares fotovoltaicos in loco a fim de cobrir parte das necessidades energéticas. Outras medidas para a economia de água também foram implementadas, tais como a instalação de reservatórios hídricos e sistemas de coleta de água da chuva. Após a conclusão das obras, tanto os painéis fotovoltaicos quanto os equipamentos utilizados na economia de água serão doados às comunidades locais. Essas iniciativas de engenharia sustentável fazem parte dos projetos climáticos de 2018, promovidos pelo Ministério para a Transição Ecológica (MITECO) da Espanha.

 

A força do vento que sopra em Aragão

Na comunidade autônoma deAragão, nas cidades de Blesa e Moyuela, províncias de Teruel e Saragoça, respectivamente, lançamos a pedra fundamental de Los Gigantes, o novo parque eólico de 21,3 MW cuja construção demandará um investimento de 20 milhões de euros.

O parque eólico, composto por 6 turbinas eólicas de 3,55 MW cada, entrará em operação ainda em 2020 e poderá gerar aproximadamente 62 GWh de energia por ano, evitando a emissão de aproximadamente 41 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

Em 2019, nas províncias de Teruel e Saragoça, já conectamos três parques eólicos à rede para uma capacidade total de 424 MW.

Alinhada ao modelo de Criação de Valor Compartilhado (CSV) adotado pela Enel Green Power, que visa combinar o desenvolvimento de negócios às necessidades das comunidades locais, a empresa implementou projetos de sustentabilidade voltados à geração de empregos em diversos setores além da construção civil, tais como os setores hoteleiro e o de catering. 

A construção da nova capacidade renovável nas regiões de Aragão e Andaluzia atende à estratégia da Endesa para a descarbonização de seu mix de geração até 2050, processo cujo marco fundamental é a concretização de 10,2 GW de capacidade renovável instalada até 2022, em comparação com os 7,4 GW de 2019.

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche