• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Itália: a EGP vence o terceiro leilão de energias renováveis

Nuestro compromiso con la descarbonización continúa con la victoria en la tercera subasta de FER del GSE en Italia para la renovación y extensión de la vida útil de cinco centrales hidroeléctricas. 

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Mais um sucesso da Enel Green Power para contribuir com o desenvolvimento de usinas de energia renovável na Itália, acelerando a transição energética do país em direção da descarbonização.

Nos últimos dias, obtivemos 23,1 megawatts de potência de concessão de energia hidrelétrica no terceiro leilão de Fontes de Energia Renovável organizado pela GSE, a agência italiana para os Serviços Energéticos. No leilão, um total de 143,8 MW eram destinados à remodelação de usinas renováveis com potência superior a 1 MW. Desta forma, cinco usinas elétricas já em operação há décadas serão renovadas graças a um plano de repotenciação. As obras serão realizadas entre o final de 2021 e 2023.

 

“O repotenciamento  é uma atividade que a nossa empresa pratica há anos, principalmente nas usinas hidrelétricas italianas, que em alguns casos foram construídas há mais de um século. Além disso, a Itália é o único país que também oferece incentivos para a remodelação das usinas de energia renovável já existentes.”
Massimiliano Tarantino, Responsável de Repowering and Refurbishment, Business Development da EGP
 

Um repotenciamento marcado pela inovação

Quando falamos de energias renováveis, sempre pensamos em parques fotovoltaicos ou turbinas eólicas. Porém, a principal fonte renovável na Itália são as usinas hidrelétricas. Conforme os dados da Utilitalia, em 2019 o setor hidrelétrico produziu 46 TWh por ano, o equivalente a 40% da energia proveniente de fontes renováveis.

Apostando na inovação e na digitalização, o nosso plano permitirá ampliar a vida útil das usinas antigas, melhorando sua eficiência. Com a manutenção preditiva, por exemplo, será possível obter o máximo valor dos dados coletados pelos sensores instalados nas usinas, por exemplo, para a prevenção de possíveis falhas.

Cinco usinas hidrelétricas já em operação nas cidades de Sarsina (Forlì-Cesena), Palanzano (Parma), Sanfront (Cuneo), Pietraporzio (Cuneo) e Usseglio (Turim) serão renovadas. São tanto usinas de “bacia”, com um reservatório controlado por uma barragem, quanto de “fluxo”, ou seja, ao longo de cursos d'água.

No segundo leilão de FER, realizado em março, estavam incluídas as usinas de Castiglione dei Pepoli (Bolonha), Civitella in Val di Chiana (Arezzo) e Montecreto (Módena). 

 

“A Enel Green Power confirma sua liderança na transição energética do país e constrói uma ponte entre o passado e o futuro das energias renováveis, dando nova vida às suas históricas usinas hidrelétricas. Com mais esta vitória no leilão da GSE, o plano de investimentos para tornar as nossas usinas hidrelétricas mais eficientes continua, para que elas possam ser capazes de superar os novos desafios impostos pelo mercado.”
Massimiliano Tarantino, Responsável de Repowering and Refurbishment, Business Development da EGP

 

Nosso plano prevê ao todo a renovação de mais de 20 usinas italianas, não apenas hidrelétricas. No segundo leilão de FER, havíamos conquistado 68 MW de nova capacidade renovável, e no primeiro, 60 MW. No total, nos três leilões da GSE na Itália, foram aprovados projetos para 12 usinas

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche