• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Central hidrelétrica de Coghinas, Itália

Central hidrelétrica de Coghinas, Itália

Em operação

{{item.label}}
{{ item.title }}
{{ item.content }}
Instalações

Central hidrelétrica Coghinas

A central inaugurada em 1926 encontra-se na província de Sassari, no lago Coghinas, palavra que no idioma sardo logudorese significa “cozinhas”, isso porque o rio homônimo atravessa mais a jusante a área termal de Casteldoria, cujas águas também foram utilizadas no passado para cozinhar. Esta central é a primeira estrutura “em caverna” construída na Itália. Ela encontra-se abaixo da barragem – uma construção de 158m de comprimento e 58m de altura – 40m abaixo do leito do rio, em uma caverna de 82 metros de comprimento.

icon

Tecnologia

Hidrelétrica

icon

Status

Em operação

icon

Capacidade operativa

22 MW

icon

Produção de energia

52 GWh

icon

Emissões de CO2 evitadas

45 toneladas por ano

icon

Demanda energética

Mais de 25.000 residências por ano

{{item.label}}
{{ item.title }}
{{ item.content }}
Linha do tempo

Marcos

Impacto na comunidade

A bacia do lago artificial, com capacidade de 223 milhões de metros cúbicos de água, permite de suprir as necessidades de água potável de boa parte do norte da Sardenha, além de providenciar a irrigação das culturas agrícolas intensivas de todas as áreas ao redor. Povoada por flamingos cor de rosa, a área constitui um polo de atração para amantes de birdwatching (observação de aves), mas também para a canoagem e a pesca esportiva.

A Enel Green Power e a ex-Província de Olbia Tempio também construíram escadas passa-peixes para facilitar a reprodução das enguias e permitir que elas se desloquem entre o lago artificial e o leito do rio Coghinas.

Contatos

Itália

Business development

Conteúdos relativos