• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Energia Solar, a inovação da EGP

5 min.

Energia Solar, a inovação da EGP

A inovação da Enel Green Power criou o Solar Tracker Tester (STT), uma ferramenta para tornar os sistemas de posicionamento dos painéis solares em relação à radiação solar mais eficientes.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

As usinas fotovoltaicas são um laboratório a céu aberto de inovação tecnológica, onde invenções e protótipos são continuamente testados para melhorar o desempenho dos parques solares.

Uma das soluções mais populares atualmente nos sistemas de nova geração é permitir que os painéis “sigam” a posição do sol ao longo do dia.

São os chamados seguidores solares, sistemas que permitem aumentar a produtibilidade de energia em relação aos sistemas do tipo fixo, garantindo a exposição ideal dos módulos fotovoltaicos aos raios solares.

 

Inovação e sustentabilidade made in EGP

Apesar da ampla utilização de seguidores na indústria fotovoltaica, ainda não existe no mercado uma ferramenta que permita otimizar a configuração de seus parâmetros operacionais durante a fase de testes no local e de exercício da usina. Uma questão importante que graças à inovação “made in Enel Green Power” está prestes a ser resolvida.

Nossa unidade de Construction, dedicada às atividades de Construção e Comissionamento para E&C, criou o protótipo de uma ferramenta denominada Solar Tracker Tester (STT) em colaboração com a Alitec SRL, empresa de Pisa com grande experiência na produção de rastreadores de precisão para sistemas solares de concentração.

A STT é uma ferramenta inovadora capaz de medir a inclinação real dos painéis fotovoltaicos, compará-la com a curva ideal da sua posição em relação ao sol ao longo do dia e definir novos parâmetros operacionais para maximizar a produção energética dos painéis.

 

Energia fotovoltaica: a força dos números

Os testes foram conduzidos com sucesso por Franco Cocca, da unidade Commissioning, com a primeira versão do nosso STT na usina de Finis Terrae, no Chile, e em seguida com uma versão mais avançada, que avalia também os efeitos da inclinação do terreno sobre o qual as matrizes de painéis estão instaladas, na usina de Ituverava, no Brasil, atualmente a segunda maior usina fotovoltaica da EGP.

 

“O algoritmo do nosso STT calcula como intervir no sistema de posicionamento dos seguidores para otimizar o funcionamento e aumentar a produtividade dos módulos fotovoltaicos.”

 

Comparando a eficácia do seguimento do sol pelos seguidores com ou sem o uso do STT, pode-se observar a vantagem que esta inovação tecnológica traz em termos de produtividade das usinas.

Os resultados do teste do protótipo no Chile e no Brasil demonstraram que, graças às correções feitas no sistema de posicionamento, é possível obter uma melhora significativa da produtividade energética da usina, quantificável em um aumento médio da produção anual variável entre 1% e 3% aproximadamente.

 

Salto de qualidade (industrial)

Como explica Pasquale Guerrisi, responsável pela unidade de Suporte Técnico, a importância dos resultados alcançados pelo Solar Tracker Tester nos fez decidir transformar o protótipo em um produto real e realizar, portanto, a sua versão industrial, com um novo SW que permitirá montar na mesma usina diferentes unidades de aquisição autônomas instaladas nos seguidores para comparar simultaneamente o comportamento de diversas seções da usina.

 

“As novas unidades de aquisição serão equipadas com memória interna, comunicação sem fio e GPS para a geolocalização. Os dados coletados serão adquiridos e elaborados off-line por um único sistema de processamento.”

 

Todas as futuras usinas fotovoltaicas da EGP que usam sistemas de seguimento serão testadas e otimizadas usando o Solar Tracker Tester, levando a inovação “made in Enel Green Power” para os cinco continentes.

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche