• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
{{navigationCta.name}}

Sistema fotovoltaico híbrido do St. Luke Hospital na Etiópia: entre a inovação e a sustentabilidade

3 min.

Sistema fotovoltaico híbrido do St. Luke Hospital na Etiópia: entre a inovação e a sustentabilidade

Na Etiópia, entrou em operação o sistema híbrido com energia fotovoltaica e baterias que a Enel Green Power – em parceria com a ONG "Medici con l’Africa CUAMM" – doou ao Hospital St. Luke, em Wolisso, a fim de sanar os frequentes apagões elétricos que danificam máquinários e colocam a vida dos pacientes em risco.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

No Hospital St. Luke de Wolisso, Etiópia, o risco de ficar no escuro deixou de ser um problema.

Nos últimos meses, entrou em operação o inovador sistema híbrido assinado pela Enel Green Power, composto por um sistema fotovoltaico e baterias – 160 kW, 200/320 kWh – capaz de garantir um fornecimento constante de energia à estrutura hospitalar que sofria com as frequentes e perigosas quedas de energia devido à sua rede elétrica instável. 

 

"A garantia de continuidade é de vital importância. Temos pacientes clínicos não cirúrgicos em oxigenoterapia e, portanto, a falta de eletricidade e a interrupção do oxigênio podem ser fatais. A interrupção da corrente elétrica é compensada pela intervenção dos geradores."

– Gaetano Azzimonti – Medical Director do St. Luke Hospital

 

Garantir energia aos pacientes

Wolisso é uma cidade com cerca de 50 mil habitantes a 120 km a sudoeste da capital etíope, Adis Abeba, e o St. Luke é um centro de saúde de excelência para o país: sua zona de influência se estende a 430 mil pessoas e todos os anos são realizadas mais de 100 mil consultas ambulatoriais, 11.500 internações e quase 3.300 partos assistidos, 40% deles com complicações.

Infelizmente, a rede nacional etíope ainda apresenta muitas deficiências, especialmente nas áreas mais remotas: a eletricidade é fraca e sua oscilação é constante. No caso de um hospital como o St. Luke, este é um problema que coloca em risco a saúde dos pacientes mais graves ou daqueles submetidos a cirurgias. 

 

"Antes deste projeto, o fornecimento de energia do Hospital era simplesmente insustentável através do uso de geradores a diesel para compensar as frequentes desconexões da rede."

– Suelen Quadri – Sustainability Africa da EGP

 

Até o hoje o hospital tem de encarar as quedas de energia usando dois geradores a diesel de 100 kW cada, e que além de não serem eficientes, não são sustentáveis nem para o hospital nem para o meio ambiente, além de não evitar danos ao maquinário de saúde causados pelos repentinos cortes de energia e quedas de tensão.

Para solucionar o problema, uma parceria com a ONG "Medici con l’Africa CUAMM", firmada em outubro de 2017, deu início ao projeto de Innovabilityonde a Inovação foi convocada a responder a uma necessidade primária de Sustentabilidade. O projeto resultou na elaboração e na construção de um sistema híbrido inovador capaz de gerenciar fluxos de energia em tempo real e garantir a continuidade do fornecimento de eletricidade, bem como uma economia financeira para o hospital que agora pode ser reaplicada em serviços de saúde para a comunidade.

 

"O papel da inovação era encontrar uma solução para os contínuos apagões frequentes que colocavam em risco a operação dos maquinários e a vida dos pacientes do St. Luke Hospital, conseguindo projetar uma solução funcionalmente eficaz e confiável. Confiabilidade é a palavra-chave."

– Massimo Schiavetti – Energy Storage Innovation Project Manager da EGP

 

Em um ano o projeto foi concluído e colocado em operação, garantindo a todos os pacientes de St. Luke um hospital eficiente, atento ao meio ambiente e, acima de tudo, dotado de um fornecimento constante de energia elétrica.

Conteúdo relacionado

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar