• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
{{navigationCta.name}}

Sandveld Health Center, um ambulatório médico construído em Paleisheuwel graças à Enel Green Power

3 min.

Sandveld Health Center, um ambulatório médico construído em Paleisheuwel graças à Enel Green Power

A EGP e a Cederberg Matzikama AIDS Network (CMAN) construíram um ambulatório fixo para os habitantes de Paleisheuwel, nas imediações da usina solar de mesmo nome. Até algumas semanas atrás, a pequena comunidade agrícola da África do Sul recebia atendimento médico somente a cada 6 semanas

{{ item.title }}
{{ item.content }}

A África do Sul é uma terra de oportunidades e contradições. Três capitais, cidades modernas e em contínuo crescimento demográfico contrastam com áreas internas de difícil acesso e que têm na agricultura sua única fonte recursos econômicos. Territórios onde é difícil garantir até mesmo os serviços mais básicos.

Muitas vezes falta até mesmo o atendimento mais básicos em saúde: este é o caso de Paleisheuwel, uma pequena comunidade agrícola na província de Cabo Ocidental que até algumas semanas atrás só podia contar com o atendimento – uma vez a cada seis semanas – de uma clínica móvel vinda de Citrusdal.

A alternativa à clínica móvel não era das mais fáceis: realizar por conta própria – considerando uma renda per capita muito baixa – viagens para as cidades mais próximas, a cerca de 50 km, somente para a compra de medicamentos ou curativos para uma simples lesão.

Uma situação insustentável que mudou com o apoio da Enel Green Power África do Sul. Graças aos contatos com uma ONG de Citrusdal – a Cederberg Matzikama Aids Network (CMAN) – A EGPRSA conseguiu melhorar significativamente as condições de vida dos habitantes de Paleisheuwel através da construção um ambulatório fixo.

 

Saúde, valor compartilhado

Trabalhando de forma conjunta, a Enel Green Power e a CMAN captaram os recursos necessários para construir um Centro de Saúde à comunidade local. Uma vez escolhido o prédio e contratada a mão de obra local para os trabalhos de restauração – em plena observância ao conceito de creating shared value entre a EGP, o território e seus habitantes – as obras de construção do ambulatório começaram em maio de 2019.

A Enel Green Power, que desde 2016 administra uma usina fotovoltaica de 82,5 MW em Paleisheuwel, não foge de suas responsabilidades e, com a mediação da CMAN, envolveu a população local em todas as fases de criação da unidade de saúde. Da localização – um edifício central de fácil acesso para os agricultores e suas famílias – à coleta de insumos para atender às necessidades prioritárias da população.

Até mesmo um concurso foi realizado para escolher o nome do ambulatório. E a partir da profunda conexão entre pessoas e território – literalmente chamado de sand veil (véu de areia) que os habitantes de Paleisheuwel pisam todos os dias – nasceu o Sandveld Health Centre

 

"From zero to hero" em menos de dois meses

No dia 4 de julho de 2019 a comunidade celebrou a inauguração do ambulatório, menos de dois meses após o início das obras. Mais de 200 pessoas puderam visitar as instalações e acompanhar a cerimônia inaugural no JP Visser Hall.

Entre os palestrantes, estavam presentes o diretor da CMAN, Christiaan Oerson, Anne Campbell, do Departamento de Saúde de Cabo Ocidental, Lizeka Dlepu, da Enel Green Power África do Sul e M. Nella, vice-prefeito do município de Cederberg.

E para a comoção geral, o ato contou com o singelo e envolvente discurso do septuagenário Fanns Bois, um dos moradores mais velhos de Paleisheuwel.

 

"Um dia, a caminho da clínica na cidade, começou a chover e tive de me proteger embaixo de uma árvore. Naquele momento me perguntei até quando teríamos que fazer todos esses sacrifícios para conseguir atendimento médico. Hoje eu posso dizer que estou muito feliz."

– Fanns Bois, 76 anos, residente da comunidade agrícola de Paleisheuwel

 

Agora os moradores podem utilizar os serviços da clínica 3 vezes por semana, das 9 às 15. Dentro da unidade médica há sempre uma enfermeira, uma auxiliar de enfermagem, um administrador e três funcionários da saúde – estes últimos selecionados e capacitados na própria comunidade.

Dentro de 8 meses – prazo burocrático para a obtenção das respectivas licenças – o centro poderá operar como uma verdadeira clínica. Atualmente, o Sandveld Health Center fornece medicamentos de rotina, monitora pacientes crônicos a longo prazo, desde que estejam clinicamente estáveis, mede a pressão arterial e o índice glicêmico, trata feridas, realiza testes de HIV e faz aconselhamento tanto para o planejamento familiar quanto para um estilo de vida mais saudável. Foram identificados alguns pacientes com tuberculose, os quais se submeteram a um tratamento médico específico e diário.

O Sandveld se tornou uma referência não apenas no tratamento médico. Dentre os diversos grupos que se reúnem periodicamente na clínica, formou-se o Western Cape on Wellness (WOW), composto por pacientes crônicos e idosos. O motivo? Fazer exercícios e dançar.

A Enel Green Power segue acompanhando o desenvolvimento social, cultural e econômico da África do Sul. Seguindo os passos de Nelson Mandela e consolidando o compromisso de treinar os futuros líderes do setor energético, constata-se uma via única para um amanhã cada vez mais verde e sustentável: a criação de valor compartilhado

Conteúdo relacionado

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar