• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
{{navigationCta.name}}

Uma nova vida para as turbinas eólicas, o desafio da sustentabilidade da Enel Green Power

Uma nova vida para as turbinas eólicas, o desafio da sustentabilidade da Enel Green Power

Reutilização, reciclagem e novas parcerias inovadoras: é assim que a Enel Green Power já está pensando na nova vida útil de turbinas eólicas que não são utilizadas.

{{ item.title }}
{{ item.content }}

Não podemos pressionar a aceleração das energias renováveis sem ter, ao mesmo tempo, acesso à circularidade de cada processo. Para guiar a transição energética é necessário que uma visão pioneira seja proativa. E é por isso que a Enel Green Power já está imaginando processos que visam abordar uma das questões que surgirão nos próximos anos, com o desenvolvimento das energias renováveis: a nova vida das turbinas eólicas.

O descomissionamento das hélices de um parque eólico não corresponde ao final do ciclo de vida do material que as compõe. Existe a possibilidade de reviver esses componentes, fechar o círculo de vida útil e tornar os sistemas verdes ainda mais sustentáveis.

 

A nova vida das turbinas eólicas

A energia eólica é uma fonte renovável cuja exploração para produzir eletricidade cresceu exponencialmente na última década. Até 2025, de acordo com o New Energy Outlook 2019 da Bloomberg New Energy Finance, a capacidade instalada de energia eólica on-shore crescerá mais de 538 GW. As turbinas têm uma vida útil média de cerca de 20 anos: de acordo com estimativas da Universidade de Cambridge, em 2050 até 43 milhões de toneladas de material provenientes da indústria eólica global devem ser incluídos em meios específicos para descarte. Um tema que não pode ser ignorado.

A maioria das partes de uma turbina é fácil de reciclar, consistindo principalmente de peças de metal. Mas a questão do descarte de uma enorme quantidade de materiais difíceis de reciclar permanece, como os polímeros reforçados com fibra (PRF) usados nas hélices das turbinas. É por isso que a Enel Green Power está procurando soluções sustentáveis, baseadas em reutilização, reciclagem e opções inovadoras para dar uma nova vida às hélices das turbinas eólicas que não estiverem em uso.

Atualmente, o desafio é percebido apenas em pequena escala, porque os parques eólicos são muito jovens ou estão em fase de construção, mas em breve veremos os efeitos. Ainda não existem tecnologias eficientes e baratas para reutilizar ou reciclar os materiais que constituem as turbinas eólicas e não há uma cadeia de reciclagem.

 

Enfrentar o desafio ambicioso da nova vida das turbinas eólicas faz parte da nossa missão. Não podemos nos limitar a seguir as tendências do mercado: devemos antecipá-las e acelerá-las, favorecendo o desenvolvimento e oferecer soluções mais eficientes. Nós temos que criar novas alianças agora para poder gerenciar novos ciclos de vida para as turbinas eólicas o mais rápido possível e tornar as usinas eólicas ainda mais sustentáveis, esse é um caminho que não podemos percorrer sozinhos, é um compromisso de todo o sistema."

- Nicola Rossi - Gerente de Inovação da Enel Green Power

 

Aproveitando nossa rede global do Innovation Hub, ativando novos canais e usando abordagens disruptivas, em conformidade com a nossa estratégia Open Innovation - iniciamos uma atividade de pesquisa, em busca das start-ups mais interessantes que podem oferecer uma valiosa contribuição ao desafio da nova vida das turbinas eólicas.

 Estamos trabalhando na reciclagem, na seleção e no teste de algumas soluções, com o objetivo de desenvolver uma cadeia de suprimentos que ainda não existe atualmente, a partir do pré-tratamento das hélices e sua reciclagem, até a utilização final com diferentes formas de emprego e aplicações.  

 

“A Enel Green Power está liderando a transição energética também, alavancando a economia circular ou repensando os processos inerentes a toda a cadeia de valor, desde o design da planta até o descomissionamento. Para a indústria eólica, a conquista desse ambicioso objetivo passa pela identificação de soluções alternativas para o descarte de turbinas eólicas, a fim de levar nossa energia a um nível ainda mais alto de sustentabilidade”.

- Giovanni Tula - Gerente de Sustentabilidade, Enel Green Power

 

Na nossa plataforma de crowdsourcing Open Innovability, lançamos dois desafios para coletar ideias e estímulos: um para identificar maneiras inovadoras sobre os possíveis métodos de reciclagem e reutilização das turbinas eólicas, o outro, para explorar as possibilidades de produzir materiais isolantes para lâminas fora de uso.

 

Reciclar e reutilizar: os dois caminhos

O desafio da nova vida das turbinas eólicas exige, portanto, uma abordagem multidisciplinar e multissetorial, que incorpore ainovação, tanto no desenvolvimento tecnológico quanto na criação de novos modelos de negócios. Dois caminhos se abrem diante de nossos olhos: a reutilização e a reciclagem.

O caminho da reutilização implica aEngenharia Civil e arquitetura urbana. As antigas turbinas eólicas podem ser usadas em empreendimentos urbanos e outros. Dependendo do seu tamanho e de suas características, elas podem ser reutilizadas na criação de pontes urbanas, casas e até mesmo pequenos hotéis.

Foto 1: "Oportunidades para reciclar y reutilizar materiales compuestos de FRP para la construcción en una economía circular Lawrence”, C. Bank, PhD, PE Dist.M.ASCE, F.ACI, F.IIFC | Foto 2: "Um novo uso para pás de turbinas eólicas fora de uso, reutilizadas em uma ponte de movimento lento", por Stijn Speksnijder | Foto 3: "Análise e projeto de uma ponte de pedestres com pás de turbinas eólicas desativadas e concreto de PRFV", apresentado por Raj Suhail no FRPRCS14, Belfast, Reino Unido, de 4 a 7 de junho de 2019.

Mas a reutilização pode envolver apenas uma parte das turbinas eólicas que encontrarão o final da sua primeira vida útil. Deste modo, é necessário acelerar a inovação e imaginar abordagens inovadoras para a reciclagem dos próprios materiais das hélices: as fibras de vidro ou de carbono podem ter novas aplicações no universo náutico, no mundo dos esportes e, até mesmo, em isoladores de construção.

E não é só isso: as hélices são adequadas para serem usadas como materiais inertes na construção de asfalto e materiais de construção com características avançadas superiores. Assim, cada parte de uma turbina eólica pode se tornar um recurso que, depois de produzir essa riqueza inestimável chamada energia renovável, continua a gerar valor com uma nova vida.

Continuaremos a trabalhar para alcançar um novo ecossistema de recursos diferentes, pronto para apresentar ideias e habilidades para um objetivo comum: a energia sustentável em 360°, da primeira à nova vida útil de uma turbina eólica.

Conteúdo relacionado

Este site utiliza cookies analytics e de personalização, próprios e de terceiros, para enviar publicidade de acordo com suas preferências. Ao fechar este banner e navegar nesta página, ou ao clicar em um link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, você estará concordando de forma livre, informada e inequívoca com a utilização de cookies. Caso queira obter mais informações ou negar a permissão de todos ou de alguns cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Aceitar e fechar