• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}
3 min.

Novo recorde de eficiência para as células solares inovadoras baseadas na tecnologia de heterojunção produzida pela 3SUN

Novo recorde para as células solares de última geração produzidas pela Enel Green Power: 24,63% de conversão de luz registrada

{{ item.title }}
{{ item.content }}

O desafio de uma energia fotovoltaica ainda mais eficiente dá um passo adiante muito significativo. As células solares de heterojunção produzidas pela Enel Green Power quebraram o recorde mundial de eficiência, atingindo um rendimento de 24,63, resultado certificado peloISFH, o Instituto alemão para pesquisa de energia solar de Hamelin.

O recorde foi possível combinando a tecnologia busbarless, que permite à célula converter mais luz, e um novo tratamento desenvolvido com o INES (Instituto Nacional da Energia Solar), que melhorou ainda mais a passivação das superfícies celulares.

A eficiência da célula de dupla face foi aumentada em aproximadamente 0,7%, graças a uma melhoria nos processos de deposição das camadas e à metalização da serigrafia baseada em processos de heterojunção (HJT), realizada por meio de equipamento da Meyer Burger.

Além de garantir maior produção de eletricidade, a tecnologia busbarless permite diminuir a prata utilizada na produção de células solares de modo a reduzir significativamente os custos de produção.

As células solares inovadoras baseadas na tecnologia de heterojunção marcaram um novo recorde de eficiência de conversão de luz, o que aumenta ainda mais o rendimento dos módulos HJT de dupla face produzidos na fábrica da Enel Green Power em Catania.

 

"Saímos da fase de laboratório e mostramos que sabemos como produzir células solares de dupla face com 24,63% de conversão de luz. Um desempenho nunca antes alcançado com o uso de processos e materiais que podem ser industrializados. Estamos prontos para escalar esse processo a nível industrial para confirmamos que também somos líderes na produção de painéis solares de última geração"

- Cosimo Gerardi, Responsável Investigação e Desenvolvimento 3SUN

 

A instalação em questão é uma das excelências italianas no setor fotovoltaico: é a primeira, e por enquanto também a única no mundo, a produzir módulos HJT de dupla face (silício amorfo e cristalino) em escala industrial e esse novo recorde pode oferecer um novo avanço.

De fato, os módulos modernos têm uma eficiência de conversão de luz em eletricidade superior a 20,5% e cada unidade possui uma potência nominal de 400W. Não é só isso: a dupla face permite capturar a luz também no lado posterior, obtendo assim uma maior produção de eletricidade, quantificada em cerca de 30% a mais do que os painéis monofaciais tradicionais.

 O próximo objetivo dos pesquisadores da usina de Catania (carro-chefe da EGP e uma das maiores usinas de produção fotovoltaica da Europa) é alcançar, em breve, uma eficiência de conversão de luz superior a 25% , com potência superior a 500 W. 

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche