• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

O parquet eólico Wayra I e o Projeto Extensão Wayra

O parquet eólico Wayra I e o Projeto Extensão Wayra

Wayra é a personificação perfeita do modelo de trabalho sustentável da EGP. Os paletes de madeira utilizados na construção do Wayra I foram reciclados e reaproveitados e, graças à nanotecnologia, a água foi purificada de forma natural, preservando um recurso escasso e vital numa zona árida.

O parque eólico

Wayra: o poder do vento

O complexo eólico Wayra, que está localizado no distrito peruano de Marcona (na província de Nasca, departamento de Ica), fica a aproximadamente 480 km da capital do país, Lima, próximo à Rodovia Pan-Americana do Sul.

O complexo Wayra engloba dois projetos: o Wayra I, lançado em 2018, após 14 meses de obras, e a Extensão Wayra, que a Enel Green Power Peru começará a construir em janeiro de 2022. A nova central eólica será composta por 30 turbinas eólicas de 5,9 MW cada que ocuparão uma área de aproximadamente 6.037 acres.

Com este projeto, temos o orgulho de desempenhar um papel de liderança na promoção do uso de energias renováveis.

Wayra I

Um bom exemplo de modelo de canteiro de obras sustentável

Tecnologia

Eolica

Estado

Operativo

Capacidade

132,3 MW

Produção

600 GWh (média anual), o que equivale ao consumo de mais de 483.000 residências

Emissões de CO2 evitadas

Mais de 285.000 toneladas por ano

Extensão Wayra

Tecnologia

Eolica

Estado

Em construção

Capacidade

177 MW

Timeline

Milestone

{{ item.title }}
{{ item.content }}
Estado de progresso do trabalho

Estado da fase de construção

Durante a construção da Wayra I, a Enel Green Power Peru (EGPP) realizou diversas iniciativas de apoio a empresas e comunidades locais, incluindo o monitoramento do impacto ambiental por associações e instituições. Além disso, a Enel aplicou seu modelo de trabalho sustentável, que inclui a medição do impacto socioambiental do parque eólico e ações para incorporar o uso racional de recursos: por exemplo, um projeto de reciclagem de paletes de madeira para a fabricação de móveis ecologicamente corretos. Além disso, a construção do parque eólico Wayra I envolveu uma inovadora usina de nanotecnologia com emissão zero de CO2 para o tratamento de águas residuais, alimentada por uma pequena turbina eólica com sistema de armazenamento em bateria. Essa tecnologia permitiu à EGPP reutilizar aproximadamente 350 metros cúbicos de água durante a construção do parque eólico.

A futura construção do parque da Extensão Wayra incluirá os mesmos critérios de sustentabilidade do nosso modelo de trabalho sustentável. 

Trabalhadores

Em linha com o modelo de criação de valor compartilhado da Enel, as obras do Wayra I priorizaram a contratação de mão de obra e serviços locais. No total, 867 pessoas trabalharam na construção do Wayra I, 209 do departamento de Ica, 163 da província de Nasca e 50 do distrito e das comunidades mais próximas.

Construção do Wayra I 100%

Construção do Wayra I 100% do trabalho concluído*

Trabalhadores 867

Trabalhadores 867 87% do total de trabalhadores eram peruanos

Investimentos +165

Investimentos +165 Milhões de dólares investidos no Wayra I

Conteúdo relacionado