• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Novartis e Enel Green Power: saúde e sustentabilidade, juntas para o planeta

Novartis e Enel Green Power: saúde e sustentabilidade, juntas para o planeta

Até 2025, a empresa farmacêutica global Novartis visa uma transição de 100% para a energia renovável em todas as suas operações. Nessa caminhada pela sustentabilidade, a Novartis começou uma parceria com a Enel Green Power e o parque eólico TICO, na Espanha, que entrará em funcionamento em 2022.

Parceria

Um forte compromisso com a sustentabilidade

A Novartis estabeleceu metas ambiciosas para a redução do seu impacto no clima, na produção de resíduos e na água. Tais objetivos atendem aos critérios da iniciativa Science Based Targets. Até 2025, a Novartis pretende eliminar a emissão de carbono em suas operações, e até 2030, visa eliminar a emissão de carbono e o uso de plástico em toda a sua cadeia de valor, além de implementar o uso sustentável da água. Mais recentemente, a empresa anunciou a meta de alcançar a emissão zero de carbono em sua cadeia de valor até 2040.

Em novembro de 2020, a Novartis também anunciou a assinatura de cinco Virtual Power Purchase Agreements (VPPAs – contratos virtuais para a aquisição de energia elétrica) com duração de dez ou mais anos. Um desses contratos envolve a aquisição de cerca de 78MW de energia renovável da Enel Green Power ao longo de 10 anos.

O acordo pan-europeu ajudará a empresa a atingir a meta de 100% de energia renovável e emissão zero de carbono em suas operações na Europa até 2025. A energia fornecida será produzida no parque eólico TICO, com capacidade de 179,9MW, na província de Zaragoza, na Espanha, que entrará em funcionamento a partir do início de 2022. Dessa forma, a Novartis evitará a emissão para a atmosfera de cerca de 96.400 toneladas de CO2 por ano.

Em um VPPA pan-europeu, uma empresa adquire energia renovável gerada fora do mercado que engloba a sua demanda. A Novartis optou por essa solução inovadora por causa da fluidez de seu consumo de energia, que compreende inúmeras locações com diferentes necessidades energéticas. O VPPA pan-europeu não permite apenas a adesão da demanda de vários países, mas também facilita a flexibilidade, caso haja quaisquer mudanças de dimensão ou localização das instalações da empresa. 

Ao buscar eletricidade no parque solar espanhol, a Novartis está incentivando um dos mais altos fatores de carga de um parque eólico onshore em toda a Europa. Isso, por sua vez, se reflete no menor custo nivelado de energia e na produção de energia renovável mais econômica.

Outro fator importante nessa decisão foi o processo de GO (Garantia de Origem). Uma definição precisa do limite de mercado na Europa permite que a Novartis declare com segurança a redução na emissão de carbono por meio da energia renovável fornecida através deste VPPA. Pelo protocolo adotado pela Espanha, em particular, tanto o produtor quanto a distribuidora podem cancelar os GOs em nome da empresa compradora, e o cancelamento de GOs pode ser efetuado quando há excesso de demanda no mercado. Além disso, GOs emitidos na Espanha podem ser facilmente exportados e cancelados em todos os países-membros da AIB (Association of Issuing Bodies). Isso permite que a Novartis solicite e relate a obtenção de energia renovável de qualquer produtor afiliado a este VPPA. 

{{item.label}}
{{ item.title }}
{{ item.content }}
  • Energia sustentável 78

    Energia sustentável 78 MW

  • Emissões evitadas 96k

    Emissões evitadas 96k Toneladas de CO2 por ano

  • Redução da emissão de carbono 100%

    Redução da emissão de carbono 100% Meta da Novartis para o uso de energia renovável em suas operações na Europa até 2025

title-{{_uid}}
Destaques em sustentabilidade

A indústria farmacêutica pode ser sustentável para o meio ambiente

Para a Novartis, reduzir as emissões de gases de efeito estufa e gerenciar os recursos de maneira eficiente e sustentável são prioridades. Além da transição para fontes de energia renováveis, a empresa também irá adotar a mobilidade elétrica em sua frota de veículos. Por exemplo, na Itália, a Novartis tem uma parceria com a nova Linha de Negócios global Enel X para promover a mobilidade elétrica. A empresa também visa promover a sustentabilidade em sua cadeia de abastecimento, que inclui a EGP, através do lançamento das chamadas “Green Expectations” (“expectativas verdes”) para seus fornecedores. A Novartis também está comprometida na produção de medicamentos sustentáveis e na compreensão de como as mudanças climáticas impactam a saúde da população. A empresa relata anualmente de forma transparente seu progresso, por meio do Relatório Integrados Novartis, e possui os pré-requisitos, como signatária do Pacto Global da ONU, para delinear e publicar o progresso obtido em campos específicos. 

Descubra mais sobre a parceria