• {{currentSearchSuggestions.title}}
  • {{currentSearchSuggestions.title}}

Parque eólico de Partanna

Parque eólico de Partanna, Itália

Usina em construção

{{ item.title }}
{{ item.content }}
O projeto

Energia, canteiro de obras sustentável, respeito ao ecossistema: nova capacidade renovável para a Itália

A usina, que será construída em Contrada Magaggiari, na província de Trapani, na Sicília, é o primeiro de cinco novos projetos para desenvolver nova capacidade de energia renovável na Itália.

Será formada por seis aerogeradores de 2,4 MW cada um, com uma potência total de 14,4 MW. A usina vai produzir cerca de 40 GWh por ano a partir de fontes renováveis, o que corresponde ao fornecimento de energia para cerca de 10.000 famílias italianas, evitando a emissão de aproximadamente 33.000 toneladas de CO2 na atmosfera por ano. A entrada em funcionamento do parque eólico está prevista para o segundo trimestre de 2021.

Tecnologia

Eólico

Status

Em construção

Capacidade operativa

14 GW

Produção de energia

40 GWh por ano

Emissões de CO2 evitadas

33.000 toneladas de CO2 por ano

Demanda de eletricidade

10.000 famílias italianas por ano

Linha do tempo

Conquistas

Impacto para as comunidades locais

“Aplicamos a lógica de canteiro de obras sustentável nos mais diversos sentidos, desde o fornecimento de energia elétrica do canteiro de obras por meio de painéis solares até o aproveitamento da água pluvial coletada para uso nos canteiros.”
Fabrizio Bonemazzi, Head of Renewables Project Execution Europe and Global Support da Global Power Generation

 

A Enel Green Power está comprometida na busca de um modelo de canteiro de obras sustentável. Seguindo esse princípio, o projeto será desenvolvido com a máxima atenção à proteção da área e do território, minimizando os possíveis impactos para o ecossistema ao seu redor.

Progresso dos trabalhos

As obras de construção civil foram iniciadas: estradas, colocação das fundações e dos regeneradores. A montagem das turbinas iniciou em janeiro de 2021 e as atividades de comissionamento e avaliação do serviço ocorrerão entre abril e maio. A usina deverá entrar em operação no segundo trimestre de 2021.

Nossa contribuição para a estratégia de descarbonização na Itália

Com a publicação, em janeiro de 2020, do Plano Nacional Integrado para a Energia e o Clima (PNIEC) do Ministério do Desenvolvimento Econômico italiano, foram estabelecidos os objetivos nacionais para 2030 em matéria de eficiência energética, fontes renováveis e redução das emissões de CO2. O PNIEC visa aumentar a cota de energia limpa para 55% até 2030.

A usina de Partanna é parte de uma série de leilões lançados pelo GSE na Itália que incluem a construção de novas capacidades e a modernização das usinas existentes. Nos próximos meses, serão abertos mais canteiros de obras na Itália para a construção de novos parques eólicos, uma contribuição importante para alcançar os objetivos de descarbonização do Grupo e do país.

Nesse sentido, a Enel Green Power foi premiada no primeiro, segundo e quarto leilões FER (Fonte de energia renovável) organizados pela GSE com cerca de 163 MW de nova capacidade renovável para 7 projetos eólicos no sul do país: dois na Sicília, um no Molise (já em construção), três na Campânia e um na Basilicata. Além disso, nos primeiros quatro leilões, foram adicionados mais cerca de 109 MW de potência nominal, decorrente da reconstrução e reforço das centrais hidroelétricas e eólicas já operacionais na Emília Romagna, Molise, Piemonte, Sardenha, Toscana e Veneto.

Contatos

Itália

Business development

Conteúdos relacionados

Este site usa cookies analytics e de perfilamento, próprios e de terceiros, para enviar-lhe publicidade de acordo com as suas preferências. Se quiser saber mais ou optar por excluir todos ou alguns cookies, consulte a política de cookies. Aceite e feche